7 dicas essenciais para uma viagem a Capitólio (MG)

Escrito por:Carla Cocenza/ 118 0
Compartilhe:

Com certeza você já viu diversas fotos de Capitólio, mas como decidir o que fazer em uma viagem para lá? Aqui você tem as dicas essenciais!

Compartilhe:

Fique por dentro

Não nos perca de vista!! 

Programação e dicas de

viagem direto no seu email

                Capitólio (MG) virou o destino certo de muitas pessoas que gostam de um contato com a natureza de forma tranquila e de belezas que parecem vindas do cinema.

                A formação do lago de Furnas se deu por conta da criação da Usina Hidrelétrica de Furnas, que precisou alagar áreas de 34 municípios mineiros. Assim, a atividade da região, que era mais voltada à agricultura, se virou para o turismo – diversas empresas de barcos, restaurantes e hotéis se instalaram na região.

                A 475km de São Paulo, a formação de seus cânions é uma das mais inebriantes do mundo.

                Confira algumas dicas essenciais para uma viagem inesquecível a Capitólio!

1 – Em qual época ir?

                Há algumas variações em relação ao nível de água dos poços para banho – que ficam mais acessíveis depois do período de chuvas – mas nada muito radical. Por ficar em uma região mineira mais amena, todas as épocas do ano são recomendadas.

2 – Quanto tempo ficar?

                A cidade oferece diversas trilhas e atividades, então, se você está com dias disponíveis, uns 4 dias são interessantes para relaxar bem e conhecer com calma os atrativos.

                Mas se você quer apenas uma folga da sua rotina em um lugar espetacular, pode aproveitar as agências de turismo que levam até lá em tours de 2 dias (final de semana) ou 3 dias (feriados prolongados).

                Dois dias são suficientes para conhecer os principais locais e tomar alguns banhos de cachoeira, então, não espere até suas férias para ter o descanso que merece!

No final deste post: um roteiro especial para você!

3 – Onde se hospedar?

                A cidade oferece hotéis e pousadas a diferentes preços, dependendo também da época do ano. Nossa dica é que procure um hotel ou pousada na região do centro, por ser mais perto das saídas dos barcos e do comércio.

                Se for através de agência, atente-se para este detalhe também: algumas agências se hospedam em cidades vizinhas, o que faz com que acabe passando mais tempo dentro do transporte – e para uma viagem de dois ou três dias, o tempo é muito precioso.

4 – Quais são os melhores passeios?

                Mirante dos cânions e passeio de barco! Sim, são diversos passeios possíveis, mas estes são a base – não dá para ir a Capitólio e não tirar uma foto no mirante ou fazer o tradicional passeio de barco – é como ir à Veneza e não passear de gôndola ou ir à Paris e não conhecer a Torre Eiffel.

                O Mirante dos Cânions é o cartão postal da cidade e os passeios de barco/lancha/catamarã tem cerca de 3h de duração e passam por diversas cachoeiras, com possibilidade de banho se as águas estiverem com uma profundidade legal.

5 – Quais são as melhores trilhas?

                Todas as trilhas têm como destino cachoeiras maravilhosas. Dizem que toda unanimidade é burra, mas em matéria de pontos turísticos, no geral os locais mais famosos são mesmo tudo aquilo que dizem.

Em Capitólio, é imperdível a Trilha do Sol (cerca de 3km no total), com três lindas cachoeiras e piscinas para banho e a Cachoeira Diquadinha, um espetáculo da natureza.

6 – Onde comer?

                Falou em comida mineira e já vem à mente aquela comida caseira deliciosa, além de pão-de-queijo e doce-de-leite, certo? Só de imaginar já aquece o coração!

                Dependendo da época do ano, pode encontrar algumas filas desagradáveis, mas se estiver em um passeio em grupo com almoço incluso, a agência já pensou nisto para você e deixou o restaurante reservado!

                Os mais famosos restaurantes são o Tião Mineiro, O Turvo e o restaurante da Trilha do Sol.

                E, claro, na hora de voltar, a parada obrigatória é a Parada dos Queijos, para trazer sobremesas deliciosas para casa.

7 – O que fazer à noite?

                Não há muitas opções noturnas, então é normal as pessoas caminharem à beira da lagoa de Capitólio, na região do centro, onde tem barraquinhas de artesanato. Por isso também é interessante que a hospedagem seja em Capitólio, para curtir toda a atmosfera da cidade.

Conheça de perto com a Arterra Turismo!

CAPITÓLIO: CATAMARÃ E TRILHA DO SOL

Tour de 2 dias

🕘 Saída:     20:00hs (Sexta)
🕘 Retorno: 22:00hs (Domingo)

📍 Local de encontro: Metrô Vergueiro.

💼 Incluso no pacote:
– Transporte ônibus executivo semi-leito;
– Seguro viagem;
– Hospedagem em Hotel à beira do lago em Capitólio;
– Guia de turismo Arterra;
– Café da manhã sábado e domingo no hotel;
– Almoço sábado e domingo;
– Ingresso Passeio de Catamarã;
– Taxa visitação Mirante dos Canyons;
– Taxa parque Trilha do Sol;
– Visitação Cachoeira Diquadinha
– Fotografia durante o passeio.

💰 Valor por pessoa:
R$ 900,00 – Quarto duplo

Gostou?

Veja as datas disponíveis e o roteiro completo:

6 motivos para se apaixonar pela Fazenda Nova Gokula

Escrito por:Carla Cocenza/ 101 0
Compartilhe:

Um dos lugares mais mágicos te espera!

Compartilhe:

Fique por dentro

Não nos perca de vista!! 

Programação e dicas de

viagem direto no seu email

Muito conhecida por praticantes de yoga e adeptos de alimentação saudável ou vegetariana/vegana, esta Fazenda fica na cidade de Pindamonhangaba, a cerca de 190km da capital paulista.

A Fazenda Nova Gokula é uma comunidade de pessoas que seguem a religião Hare Krishna, de tradição indiana.

Se você já conhece, sabe que há muito mais do que 6 motivos para se apaixonar por este lugar e, se não conhece, tenha autocontrole para não sair correndo em direção à Fazenda, afinal, não é à toa que foi indicada no concurso das 7 maravilhas da região.

1 – Refúgio da cidade

A apenas 3h30 de São Paulo – menos tempo do que costumamos gastar no trânsito – a Fazenda nos oferece um grau inigualável de paz e sossego – pela natureza protegida em combinação com a comunidade voltada a valores espirituais; ali parece que estamos em outro ritmo, em outro espaço-tempo, conectados com uma energia que nos abraça e nos deixa livres, ao mesmo tempo.

No final deste post: um roteiro especial para você!

2 – Comunidade e Templo Hare Krishna

A religião Hare Krishna é indiana, baseada nos Vedas – textos sagrados hindus – e é monoteísta: acredita que há um Deus todo-poderoso, Krishna, que possui diversas características, sendo, assim, personificado em diversos nomes, cerca de 33 milhões (sim, você leu corretamente).

É uma religião voltada para a elevação espiritual através de práticas como o vegetarianismo/veganismo, respeito à natureza, a si mesmo e aos outros.

O maior templo Hare Krishna da América Latina está em Nova Gokula e possui, diariamente, diversas celebrações, tanto para devotos como para não devotos.

No passeio que fazemos para lá, experimentamos uma vivência de mantras – uma oportunidade de sentir um pouco do que é esta filosofia.

Importante dizer que os devotos não estão atrás de novos fiéis, então não tentam convencer ninguém, até porque acreditam que há diversos caminhos para um mesmo fim.

A Fazenda ainda é a casa de diversos devotos, que moram em uma vila e mantém o local.

3 – Natureza preservada: montanhas, riacho e trilhas.

Eu ainda guardo no coração o momento no qual entrei no restaurante do local e, enquanto aguardava, olhei para a parede e vi um quadro belíssimo: uma montanha espetacular que me tirou o fôlego por alguns segundos até eu perceber que não era um quadro: era uma janela. São paisagens que nos deixam atônitos… todo o lugar é área protegida e local de devolução de animais selvagens a seu habitat.

Uma das trilhas leva a um riacho de águas cristalinas que corta a fazenda, no qual podemos nos banhar ou ficar às suas margens, contemplando o movimento da natureza.

4 – Lugar ideal para passar um dia ou final de semana

Um dia é suficiente para se sentir renovado e conectado, mas… você se vicia. E quer voltar mais vezes ou passar mais dias ali.

Aqui na Arterra Turismo + Arte, temos o roteiro de um dia para Nova Gokula, com vivências e passeios monitorados, mas costumamos dizer que serve bem como uma degustação do local.

A Fazenda possui 4 pousadas, uma área de camping e ainda um espaço para acomodação de grupos que desejam fazer retiros ou imersões.

5 – Culinária vegetariana/vegana

Diferentemente do que é amplamente divulgado, nem todos os indianos são vegetarianos. Porém, os devotos da religião Hare Krishna são vegetarianos ou veganos, pois uma das bases da religião é a não-violência.

Na Fazenda Nova Gokula há lanchonetes e um restaurante, o “Confraria Vegana”, com comidas absolutamente deliciosas, que nos fazem esquecer completamente das carnes. Um destaque especial vai para a famosa “coxinha de jaca”, que, se ninguém receber um aviso antes, acha que é coxinha de frango, sem sentir dúvidas.

6 – Diversos produtos e serviços holísticos

No espaço da Fazenda há algumas lojinhas que comercializam diversos objetos, como livros, incensos, decorações, roupas indianas, artesanato…

Também é possível beneficiar-se de terapias ayurvédicas, como massagens, por exemplo.

Enfim, é um dos passeios mais mágicos que se pode fazer, não só por ir de encontro à natureza e hábitos saudáveis – pelo menos por um dia – mas por acabar encontrando a si mesmo.

Conheça de perto com a Arterra Turismo!

FAZENDA NOVA GOKULA: CULTURA HARE KRISHNA

Tour de 1 dia

🕘 Saída:     06:30hs
🕘 Retorno: 18:30hs

📍 Local de encontro: Metrô Vergueiro.

💼 Incluso no pacote:
– Transporte executivo;
– Guia de turismo Arterra;
– Guia local;
– Taxa entrada;
– Café da manhã;
– Trilha fácil de 1 km;
– Vivência de Mantras;
– Bate papo sobre a Cultura Védica;
– Almoço;
– Fotografia durante o passeio.

💰 Valor por pessoa:
R$ 210,00

Gostou?

Veja as datas disponíveis e o roteiro completo:

Por que a Torre de Miroku é tão especial?

Escrito por:Carla Cocenza/ 129 0
Compartilhe:

Claro que palavras não conseguem expressar na totalidade uma sensação, uma vivência – e aí já está parte da resposta – o local nos proporciona uma vivência de conexão única – mas para quem já ouviu falar da Torre e ainda não sabe bem o que a caracteriza, na descrição de muitos como a Torre oriental mais bela do Brasil, escolhemos algumas imagens e informações do passeio que fazemos até a Torre que conseguem dar um vislumbre da singularidade do local.

Compartilhe:

Fique por dentro

Não nos perca de vista!! 

Programação e dicas de

viagem direto no seu email

Claro que palavras não conseguem expressar na totalidade uma sensação, uma vivência – e aí já está parte da resposta – o local nos proporciona uma vivência de conexão única – mas para quem já ouviu falar da Torre e ainda não sabe bem o que a caracteriza, na descrição de muitos como a Torre oriental mais bela do Brasil, escolhemos algumas imagens e informações do passeio que fazemos até a Torre que conseguem dar um vislumbre da singularidade do local. Especialmente para quem gosta de conhecer diferentes maneiras de ver o mundo, a Torre de Miroku surpreende em cada detalhe.

É a maior torre japonesa do Brasil, construída durante 12 anos pelo Templo Luz do Oriente, que pratica e ensina a religião Messiânica, fica às margens da represa Billings, na cidade de Ribeirão Pires, região metropolitana de São Paulo e possui uma natureza exuberante ao seu redor.

Foto: Guilherme Soares

A Religião Messiânica

Para entender o porquê desta belíssima construção, precisamos conhecer a base da religião: Meishu Sama fundou a Igreja Messiânica tendo como objetivo dar à humanidade a vivência do Bem, da Verdade e do Belo.

Todas as construções desta religião seguem este princípio. Em São Paulo, temos o “Solo Sagrado de Guarapiranga”, de outra vertente da filosofia Messiânica. Veja aqui nosso “Relato de Viagem: Yoga no Solo Sagrado”

Foto: Guilherme Soares

No final deste post: um roteiro especial para você!

Torre de Miroku

O caminho de São Paulo até Ribeirão Pires é feito em torno de uma hora e ao chegarmos na represa Billings, somos saudados por uma beleza que nos prepara para o que está por vir.

Precisamos atravessar a represa através de um barco para chegar em nosso destino – mas não um barco qualquer – um barco pensado especialmente para este caminho: com um dragão dourado à frente, simbolizando proteção e limpeza das águas. Por 20 minutos podemos apreciar o leve sacolejar das águas e sentir que estamos deixando para trás as preocupações cotidianas para adentrarmos em um local de conexão com nosso eu interior e uma das mais ricas culturas do mundo.

Foto: Guilherme Soares

A Torre de Miroku é a réplica fiel de uma torre japonesa, o pagode Horyu, construído em Nara, no Japão, pelo príncipe Shotoku no ano de 607, que era muito admirada por Meishu Sama.

Construída sem nenhum prego ou parafuso, utiliza uma técnica próxima ao que conhecemos como blocos de montar.

Seu interior – que não pode ser fotografado – conta com estátuas de diversas divindades que representam redenção, como Kannon e Nossa Senhora Aparecida.

Na área externa da Torre encontramos um jardim zen, uma mini cachoeira, lago com carpas e diversos jardins, que fazem com que nos sintamos extremamente conectados à natureza e nos ajuda a “ouvir nosso silêncio”.

Foto: Guilherme Soares

Apresentações Especiais

De tempos em tempos, ocorrem algumas apresentações especiais, como Taikô e Yosakoi Soran

Taikô é o nome de um instrumento japonês de percussão e nomeia também a arte, que engloba diversos instrumentos de percussão.

Yosakoi Soran é uma dança japonesa moderna, que nasceu da fusão de duas tradições: a Yosakoi Bushi e a Soran Bushi, respectivamente, um festival folclórico e danças e músicas que visavam animar os pescadores japoneses.

Foto: Grupo Hanabi Soran / Facebook

Conheça de perto com a Arterra Turismo!

TORRE DE MIROKU

Tour de 1 dia

🕘 Saída:     08:00hs
🕘 Retorno: 16:00hs

📍 Local de encontro: Metrô Vergueiro.

💼 Incluso no pacote:
– Transporte executivo;
– Seguro viagem;
– Guia de turismo Arterra;
– Guia local;
– Transfer de barco;
– ​​​​​​​Fotografia durante o passeio.

💰 Valor por pessoa:
R$ 160,00 – Adulto;
R$ 144,00 – Entre 5 e 10 anos.

Gostou?

Veja as datas disponíveis e o roteiro completo:

A Terra das Cachoeiras Gigantes? Veja aqui!

Escrito por:Carla Cocenza/ 131 0
Compartilhe:

O sul do Brasil nos presenteia com uma coleção de mais de 100 cachoeiras gigantes!

Compartilhe:

Fique por dentro

Não nos perca de vista!! 

Programação e dicas de

viagem direto no seu email

O Brasil é uma caixinha de surpresas em relação às suas belezas naturais. Por mais viagens que façamos, ainda nos deparamos com lugares ainda mais incríveis.

A 200km da capital paranaense, Curitiba, temos uma vegetação espetacular, lar de macacos e um sem fim de pássaros.

Nestas terras, se formaram, há milhares de anos, algumas das maiores cachoeiras do nosso país. São tantas, que a cidade que nasceu ali é chamada de “Terra das Cachoeiras Gigantes”.

A cidade de Prudentópolis.

Se as belezas naturais de nosso país é uma caixinha de surpresas,  o mesmo podemos dizer de suas cidades e ascendência.

Prudentópolis recebeu, a mais de 120 anos, vários imigrantes ucranianos, que decidiram se abrigar ali, tornando a região a maior colônia ucraniana do mundo.

A cultura ucraniana

Em Prudentópolis, além de ouvir as pessoas falando em ucraniano, o que por si só já carrega de charme o local, podemos contemplar a bela arquitetura da cidade, especialmente em suas igrejas ortodoxas.

Diversas tradições e danças ainda se mantém e, claro, a gastronomia, que nos permite realmente sentir esta rica cultura.

Foto: Fernando Zequinão / Gazeta do Povo

Comum no leste europeu, aqui também encontramos diversas receitas com carne de porco, especialmente linguiças e salsichas, como a cracóvia (foto), salame criado na cidade e o Pierogi, um pastel com massa cozida. A cidade se destaca ainda como grande produtora de mel e queijos.

 

As Cachoeiras Gigantes

 Com altura, na maioria, entre 60 e 196m, mais de 100 cachoeiras recortam a mata, trazendo uma tonalidade branca ao verde dominante.

Algumas obras da natureza:

 Salto São João – o cartão postal da cidade. Impressiona com seus 85 metros.

No final deste post: um roteiro especial para você!

Recanto Perehouski

 Um local especial, com várias cachoeiras que formam piscinas naturais. Aqui é o local ideal para tomar o tão sonhado banho de cachoeira!

Salto Barão do Rio Branco – com 64m, tem um volume de água bem grande e é a escolha de aventureiros para praticar o rapel.

São Sebastião e Mlot – são duas cachoeiras, uma em frente à outra. A São Sebastião possui 126m e de seu mirante observamos os 110 metros do salto Mlot.

Estas terras chamadas de Brasil tem muito a nos oferecer, basta olharmos com curiosidade e carinho, novas culturas estão apenas esperando nossa visita.

Conheça de perto com a Arterra Turismo!

PRUDENTÓPOLIS: A TERRA DAS CACHOEIRAS GIGANTES

Tour de 3 dias

📍 Local de encontro: Metrô Vergueiro.

💼 Incluso no pacote:
– Transporte executivo;
– Guia de turismo Arterra;
– Guias Locais;
– Taxas de Parques Estaduais e propriedades particulares;
– 2 diárias em hotel (Quarto triplo, duplo ou single);
– Visita a 3 igrejas e 1 museu histórico;
– Visita a 7 cachoeiras;
– Visita a 1 Recanto com piscina natural;
– 3 Cafés da manhã e 3 Almoços inclusos;
​​​​​​​- Fotografia durante o passeio.

💰 Valor por pessoa:
R$ 800,00 – Quarto triplo;
R$ 850,00 – Quarto duplo;
R$ 890,00 – Quarto single.

Gostou?

Veja as datas disponíveis e o roteiro completo:

As 5 melhores ilhas em Ubatuba para renovar suas energias.

Escrito por:Carla Cocenza/ 31 0
Compartilhe:

Nada melhor do que renovar as energias no litoral… mas em uma ilha, é mais que especial!

Compartilhe:

Fique por dentro

Não nos perca de vista!! 

Programação e dicas de

viagem direto no seu email

Ir para a praia quando o tempo esquenta é uma das melhores coisas que podemos fazer – e quase todo mundo faz. Agora, renovar as energias em uma ilha é especial!

As ilhas possuem beleza única, possibilidade de mergulho com snorkel (possível mesmo para quem não sabe nadar), natureza preservada ao redor, além de um divertido passeio de barco e, claro, o fato de ter bem menos pessoas por ali.

Veja a lista que fizemos com as ilhas que mais gostamos em Ubatuba para renovar as nossas energias!

1 – Ilha de Maranduba

Bem pertinho da costa, fica no extremo sul de Ubatuba e é possível chegar ali de barco, escuna ou banana boat.

A praia é tranquila, com o mar bem transparente e possui um costão rochoso ideal para quem gosta de mergulhar!

2 – Ilha Anchieta

Sem dúvidas, a mais conhecida e com mais opções de descobertas.

A Ilha possui um antigo presídio, um museu e 5 praias!

É possível passar o dia todo curtindo a natureza e o banho de mar, além de conhecer mais sobre a nossa história.

A maioria dos visitantes chegam até lá de escuna.

3 – Ilha das Couves

A segunda mais conhecida e destino certo de vários turistas, incluindo nós haha.

A Ilha das Couves é um pequeno paraíso que nos permite o mergulho de snorkel, nos deixando realmente em contato com a vida marinha, com muitos peixes e tartarugas.

Ali também é possível relaxar na areia e fazer uma pequena trilha.

As opções de chegada incluem escuna e barco.

4- Ilha do Prumirim

Esta pequena ilha de uma só praia pode ser considerada a irmã gêmea da Ilha dos Porcos, sua vizinha.

Com águas rasas e ondas calmas, é possível ver vários peixinhos sem nem precisar da ajuda do snorkel. A Ilha do Prumirim conta com uma pequena ilhota anexa aonde é possível chegar passando por algumas piscinas naturais.

Chegamos até ela de escuna ou barco.

5 – Ilha dos Porcos

Como já dissemos, é a irmã-gêmea da Ilha do Prumirim, por possuir apenas uma praia.

Esta é uma ilha particular – a única construção é a casa do dono, aonde vive o caseiro. A Ilha é aberta à visitação, mas não possui passeios de escuna ou barcos programados para lá; é preciso alugar um barco privativamente.

Também de águas calmas e transparentes, é a opção certa para quem quer renovar as energias longe da agitação.

5 lugares para comer chocolate próximos a São Paulo

Escrito por:Carla Cocenza/ 104 0
Compartilhe:

Descubra alguns lugares próximos a São Paulo para se deliciar com chocolate!

Compartilhe:

Fique por dentro

Não nos perca de vista!! 

Programação e dicas de

viagem direto no seu email

Chocolate é a paixão de muita gente… também pudera, com tantas possibilidades de combinações, difícil encontrar quem não tenha pelo menos um preferido.

Para além do bolo de chocolate ou trufa de costume, listamos alguns lugares perfeitos para aproveitar esta delícia dos deuses pertinho de São Paulo.

É super possível sair cedinho de casa e passar o dia todo nestas cidades – e ainda voltar com um belo estoque do doce para a família e amigos.

1 – Campos do Jordão – SP

A 173km da capital, Campos do Jordão é um famoso destino principalmente no inverno, com seu Festival de música e diversas atividades. Ao caminhar pela cidade, nada mais delicioso do que comprar um chocolate quente em uma de suas esquinas e sair curtindo o clima. Para experimentar diferentes sabores, é possível encontrar diversas lojas pela cidade, como a Chocolates Spinassi, Araucária, Montanhês, Cacau Show. Muitas das lojas oferecem degustações, fondues e a possibilidade de ver a fabricação do doce.

Foto: Spinassi Chocolates

2 – Monte Verde – MG

Apesar de estar no Estado de Minas Gerais, a distância de 164km da capital paulista não assusta. Monte Verde é um distrito super charmoso, com muita natureza. As poucas ruas do centro nos oferecem diversas opções gastronômicas, com destaque, é claro, para os fondues e lojas de chocolate. A loja Montanhês, de Campos do Jordão, tem uma filial aqui, outras lojas oferecem opções de chocolate quente com conhaque ou amarula, como é o caso da Fábrica Sabor Chocolate. Não deixe de conhecer também a Gressoney, Delícias de Minas e Chocolates Silvestre.

3 – Caçapava – SP – Tour Nestlé

A gigante suíça tem sua Fábrica de Chocolates na cidade de Caçapava, a 109km de São Paulo. Eles oferecem um tour pela fábrica onde é possível ver o processo de fabricação dos famosos chocolates da marca e tem uma lojinha para aquisição dos produtos que conhecemos tanto.

Foto: Nestlé

4 – Itu – SP – Fazenda do Chocolate

A 102km de distância – já chegando em São Paulo, temos um lugar para lá de especial: A Fazenda do Chocolate. No melhor estilo caipira, a fazenda tem construções históricas, animais que vivem soltos pelo local, cachoeiras e o melhor: uma fábrica de chocolate com um tour que mostra todo o processo da fabricação do chocolate, com degustação de algumas fases e, claro, uma loja cheia de produtos feitos de chocolate!

5 – Itapevi – SP – Mega Store da Cacau Show

A mais próxima da capital – apenas 35km nos separam da “Fantástica Fábrica de Chocolates”, a Mega Store da Cacau Show, que conta até mesmo com um parque de diversões. Aqui também podemos ver a fabricação dos chocolates e comprar as linhas já conhecidas – o diferencial é que eles possuem algumas linhas vendidas exclusivamente no local e o café possui bolos e tortas feitos com os chocolates da marca. Irresistível!

Um saboroso Tour do Chocolate!

Escrito por:Carla Cocenza/ 21 0
Compartilhe:

Um saboroso tour para se divertir e se deliciar com a sobremesa dos deuses.

Compartilhe:

Fique por dentro

Não nos perca de vista!! 

Programação e dicas de

viagem direto no seu email

Difícil encontrar alguém que não goste de chocolate… Com tantas combinações da fruta cacau com leite, castanhas e frutas, mais difícil ainda é escolher um preferido.

Apaixonados por esta delícia desde sempre, fizemos um roteiro super especial: a oportunidade de aliar uma tarde de diversão à descoberta da história e fabrico do doce em uma fazenda do interior de São Paulo até uma das maiores empresas do ramo do chocolate: a Mega Store da Cacau Show.

História

Há vestígios de uso do cacau por volta do ano 1.500 a.C., na região do México, mas nesta época a semente era utilizada em uma bebida considerada sagrada e mesmo quando os espanhóis colonizaram a região e levaram a fruta, seus derivados eram usados em cultos religiosos e somente mulheres, nobres e sacerdotes podiam consumir a iguaria.

Foram os suíços que tiveram a maravilhosa ideia de misturar a semente ao leite e nos deram este presente chamado chocolate.

Vários países são famosos produtores de chocolate, como a Suíça e a Bélgica, mas o maior produtor da fruta é o Brasil, já que nosso solo é ideal para o seu cultivo.

No final deste post: um roteiro especial para você!

Fazenda

Na cidade de Itu, a 102km de São Paulo, fica a “Fazenda do Chocolate”, uma fazenda que guarda construções do passado e nos permite estar em contato com a vida campestre, com vários animais soltos. A estrutura é daquelas para se divertir o dia todo e nós escolhemos o “roteiro do Chocolate”, onde um guia nos mostra todo o processo do chocolate, da plantação até a produção, com degustações de cada uma das fases!

Mega Store Cacau Show

Depois de entrarmos em contato com a parte artesanal do chocolate, é hora de conhecer uma gigante do ramo: a Mega Store da Cacau Show.

Com cerca de 2000m², o espaço conta com toda as linhas da marca, e alguns sabores exclusivos, sem contar a cafeteria, onde, além dos deliciosos café e fondue, há doces feitos com os chocolates Cacau Show.

Conheça de perto com a Arterra Turismo!

TOUR DO CHOCOLATE COM ALMOÇO

Tour de 1 dia

🕘 Saída:     07:00hs
🕘 Retorno: 18:30hs

📍 Local de encontro: Metrô Vergueiro.

💼 Incluso no pacote:

  • Transporte executivo;
  • Seguro viagem;
  • Guia de turismo Arterra;
  • Almoço no forno a lenha;
  • Acesso Mega Store Cacau Show;
  • Ingresso Fazenda do Chocolate;
  • Roteiro do Chocolate na Fazenda;
  • Fotografia durante o tour.

💰 Valor por pessoa:
R$ 170,00 – Acima de 7 anos.
R$ 140,00 – Abaixo de 7 anos.

Gostou?

Veja as datas disponíveis e o roteiro completo:

Vamos trilhar: Trilha da Pirapitinga em São Luiz do Paraitinga

Escrito por:Carla Cocenza/ 109 0
Compartilhe:

Uma trilha encantadora cheia de corredeiras, cachoeiras e natureza!

Compartilhe:

Fique por dentro

Não nos perca de vista!! 

Programação e dicas de

viagem direto no seu email

São Luiz do Paraitinga

A cidade, que fica no Vale do Paraíba, é famosa por diversos motivos: importante centro histórico da época do café, cidade natal de Osvaldo Cruz, carnaval de marchinhas, trilhas de fácil acesso e, infelizmente, por uma forte inundação que ocorreu em 2010.

Já reconstruída, a cidade é destino certo para quem quer relaxar no final de semana e curtir comida caipira, seja a dois, com a família ou mesmo sozinho.

Além da beleza arquitetônica, está rodeada pela Mata Atlântica e é possível fazermos trilhas para entrarmos em contato com a natureza.

Trilhas

A parte que cabe a São Luiz do Paraitinga do Parque Estadual Serra do Mar é o Núcleo Santa Virgínia, que conta as trilhas do Poço do Pito, Ipiranga e Pirapitinga

Aqui, na Arterra Turismo + Arte, nós recebemos muitos pedidos de viagens para São Luiz do Paraitinga e suas trilhas, sendo a mais pedida a Trilha da Pirapitinga.

No final deste post: um roteiro especial para você!

Trilha da Pirapitinga

Com 5,6km de extensão, tem formato de ferradura e pode ser concluída em cerca de 4 horas. Margeia os rios Paraibuna e Ipiranga e entramos em contato com a mata da floresta que está em estágio de regenração, sendo possível observar as matas primárias e secundárias.

 Peixe Pirapitinga

O nome da trilha se dá por conta deste simpático peixe que só é encontrado por aqui, o peixe Pirapitinga.

Cachoeiras

Por ser uma trilha sempre monitorada, há uma parada para banho na Cachoeira do Salto Grande. Passamos também pela Cachoeira das Andorinhas e do Saltinho, que encantam por sua beleza.

Ponte de pedra

Um dos pontos mais legais é a chance ver o encontro dos rios Paraibuna e Ipiranga, de um local privilegiado: em cima de uma Ponte de Pedra.

É necessário experiência?

Esta trilha é considerada leve em quase todo seu percurso, mas lá no final, no “Morro do Araçaeiro” há uma inclinação que pede que a pessoa que vai fazer a trilha não seja sedentária.

Conheça de perto com a Arterra Turismo!

TRILHA DA PIRAPITINGA

Tour de 1 dia

🕘 Saída:     06:15hs
🕘 Retorno: 20:00hs

📍 Local de encontro: Metrô Vergueiro.

💼 Incluso no pacote:
– Transporte executivo;
– Guia de turismo Arterra;
– Guia de turismo local;
– Visita à Cachoeira do Saltinho;
– Parada para banho na Cachoeira Salto Grande;
– Visita à Cachoeira das Andorinhas;
– Parada no Centro de São Luiz do Paraitinga;
– Fotografia durante o passeio.

💰 Valor por pessoa:
R$ 140,00

Gostou?

Veja as datas disponíveis e o roteiro completo:

8 Motivos para Visitar a Expoflora

Escrito por:Carla Cocenza/ 167 0
Compartilhe:

Descubra os encantos da maior feira de flores da América Latina!

Compartilhe:

Fique por dentro

Não nos perca de vista!! 

Programação e dicas de

viagem direto no seu email

Imagine entrar em um ambiente cheio de cores, pulsação de vida, aromas dos mais diversos e possibilidades quase infinitas de novos sabores. Ao passar pelo saguão de entrada da Expoflora, já podemos sentir o perfume das lojas invadindo os pulmões e, a cada passo, um novo mundo se descortina à nossa frente. Não é à toa que a Expoflora é a maior feira de exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina: tradicional da cidade de Holambra, a 140km de São Paulo, está na 38ª edição contando com a expressão da cultura do povo holandês , desde sua paixão pelo cultivo de flores ornamentais quanto à gastronomia, dança e elementos da vestimenta tradicional.

Um pouco de História – A Bela Holambra

É uma colônia holandesa fundada em 1948, tendo em seu nome a junção das palavras Holanda, América e Brasil. Recebeu imigrantes holandeses que estavam fugindo da Segunda Guerra Mundial (1939-1945) que iniciaram criações de animais por ali, mas por pouco tempo; em 1951 teve o início do cultivo de flores e o negócio prosperou incrivelmente. Hoje é o maior centro de cultivo e comercialização de flores e plantas ornamentais do Brasil, recebendo mais de 300 mil turistas, expositores e compradores de plantas ornamentais por ano durante a Expoflora, respondendo por cerca de 40% das vendas do setor. Em junho de 2011 foi nomeada como a Capital Nacional das Flores, título agregado junto ao de Estância Turística, conquistado em 1998. Os produtores aproveitam a realização da Expoflora, entre agosto e setembro, para lançar novas variedades de flores e plantas, avaliando sua aceitação pelo consumidor e lança tendências em decoração e novas misturas de espécies de plantas. Com um charme sem igual, a cidade de 11 mil habitantes é muito moderna e possui diversos bares, pubs, arquitetura diferenciada, além do seu belo lago, que faz de Holambra um destino interessante em qualquer época do ano.

1 – Exposição de Arranjos Florais e Mostra de paisagismo e jardinagem

Não se trata apenas de exposição de flores. Somos surpreendidos com trabalhos encantadores de arranjos florais e dicas de decoração para as casas e jardins.

2 – Parada das Flores

Este é o momento que precede o ápice do evento – a chuva de Pétalas. Com uma fanfarra e a ilustre presença do anfitrião holandês naturalizado brasileiro, Piet Schoenmaker, diversos carros passam com enormes arranjos, aumentando nossa expectativa do que está por vir.

3 – Chuva de Pétalas 

São 18 mil botões de rosas em pétalas, criando uma atmosfera mágica e divertida. Há ainda uma lenda! Dizem que quem pega uma pétala ainda no ar, antes que ela toque o chão, tem os seus desejos realizados.

No final deste post: um roteiro especial para você!

4 – Shopping das Flores

É o ponto onde você pode levar um pouco de Holambra com você, são mais de 3.500 variedades com 300 espécies disponíveis para compra. 

5 – Gastronomia 

É aqui que a dieta sai de férias! A única coisa que dá pra pensar é que nosso paladar necessita experimentar as delícias, por exemplo: Stampot (purê de batata com verdura), vários tipos de salsichas e pães, queijo Gouda, stroopwaffel (o waffle holandês), Appelbol (bolinhos de maçã), enfim, acho que deu pra entender. Hehe

6 – Danças Típicas Holandesas

Até aqui já estamos nos sentindo em um universo paralelo, até que  descobrimos que há mais: vários grupos de danças tradicionais se apresentam em diversos pontos da feira ao ar livre. Vestimentas, tamancos talhados à mão, um ritmo incrível de músicas que tocam um lugar ancestral da alma. 

7 – Museu Histórico Cultural de Holambra

Esse vale muito a pena conhecer: são objetos da época da chegada dos imigrantes holandeses na região, como móveis, colheitadeiras, tratores e uma infinidade mais.

8 – Parque de Diversões e Mini Sítio

Para as crianças – de todas as idades – se divertirem: Um parque com roda gigante, carrinho de bate-bate e várias outras atrações, além de um Mini Sítio com cavalos, galinhas, porcos e alguns outros animais.

Conheça de perto com a Arterra Turismo!

HOLAMBRA + EXPOFLORA 2019

Um dia para conhecer a charmosa cidade de Holambra, um campo de cultivo de flores e a Expoflora!

Tour: 1 dia

🕘 Saída:     06:30hs
🕘 Retorno: 20:00hs

📍 Local de encontro: Metrô Vergueiro.

💼 Incluso no pacote:
– Transporte executivo;
– Guia de turismo Arterra;
– Guia de turismo local;
– Visita Campo de Flores;
– City Tour com parada no Moinho dos Povos Unidos;
– Ingresso Expoflora;
– Conveniência de reserva de almoço em área charmosa da cidade (não incluso), assim evitando filas;
– Fotografia durante o passeio.

💰 Valor por pessoa:
R$ 140,00 – Adulto;
R$ 126,00 – Entre 5 e 10 anos.

Gostou?

Confira as datas disponíveis:

Tudo o que você precisa saber sobre o Parque das Neblinas

Escrito por:Carla Cocenza/ 100 0
Compartilhe:

Um parque repleto de atividades!

Compartilhe:

Fique por dentro

Não nos perca de vista!! 

Programação e dicas de

viagem direto no seu email

Nada como um passeio num Parque para renovar as energias e alegrar a semana toda, certo? Mas para quê ir sempre aos mesmos parques se podemos nos surpreender em lugares que estão mais perto do que podemos imaginar?

É o caso do Parque das Neblinas, um local impressionante que fica entre Mogi das Cruzes e Bertioga e tem atividades para fazermos durante o dia todo!

A Arterra Turismo + Arte tem passeio para lá para que você não precise se preocupar em dirigir, pagar pedágio ou encontrar um transporte para lá.

Confira tudo o que o Parque das Neblinas tem a oferecer e prepare sua mochila!

 

O básico – sua importância

O Parque é reconhecido como Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica e do Cinturão Verde da Grande São Paulo, pelo Programa Homem e Biosfera da UNESCO.  A reserva protege importantes remanescentes florestais, conserva a bacia do rio Itatinga e promove a restauração do ambiente com estratégias de desenvolvimento social, somando esforços para a conservação da Mata Atlântica e sua biodiversidade, com atividades de visitação, educação socioambiental, pesquisa cientifica, manejo florestal e relacionamento comunitário, promove ações de conscientização socioambiental.

Atividades do Parque

Todas as atividades são tarifadas e precisam ser agendadas, pois cada uma tem um dia certo para acontecer.

 

Trilhas

São 5 trilhas pela Mata Atlântica que podem ser feitas sem guias por serem de fácil acesso, variando de 30min a 4hs de percurso. As trilhas margeiam o rio Itatinga e uma delas passa pela famosa ponte suspensa do parque, o que dá uma emoção a mais para o percurso.

A Trilha do Mirante é a mais longa do parque, com 11km, feita somente com monitores do parque. Em dias mais abertos, nos permite observar a cidade de Bertioga e o mar do alto.

No final deste post: um roteiro especial para você!

Canoagem

A bordo de caiaques infláveis, os participantes percorrem 3 km sobre as águas cristalinas do rio Itatinga. É uma experiência única para contemplar a floresta ao redor, além de observar animais, peixes, pequenas corredeiras e muitas bromélias.

 

Cicloturismo

O visitante pode pedalar com sua própria bicicleta por antigas estradas localizadas às margens do rio. O percurso de 10km tem belas paisagens e dá acesso a uma cachoeira, onde é possível se refrescar.

 

Camping

Para quem quer entrar mais em contato com a energia da mata, pode acampar dentro do parque, basta contratar uma das atividades do parque e pagar uma taxa diária de camping, mas é necessário levar a própria barraca.

A cereja do bolo: O restaurante “Natural da Mata”

                Com orientações do Chef Alex Atala e da banqueteira Mazzô França, este restaurante é uma atração à parte: no cardápio há receitas tradicionais e inovadoras que incluem taioba, frutos de cambuci, palmeira juçara e outros ingredientes de produtores locais.

Conheça de perto com a Arterra Turismo!

PARQUE DAS NEBLINAS: TRILHA DO MIRANTE

Tour: 1 dia

🕘 Saída:     06:30hs
🕘 Retorno: 18:00hs

📍 Local de encontro: Metrô Vergueiro.

💼 Incluso no pacote:
– Transporte executivo;
– Guia de turismo Arterra;
– Guia de turismo local;
– Ingresso Parque das Neblinas;
– Trilha do Mirante;
– Almoço no Restaurante Natural da Mata;
– Fotografia durante o passeio.

💰 Valor por pessoa:
R$ 195,00

Gostou?

Confira as datas disponíveis: