13

ago
2019

As 5 melhores ilhas em Ubatuba para renovar suas energias.

Escrito por:Carla Cocenza/ 28 0
Compartilhe:

Fique por dentro

Não nos perca de vista!! 

Programação e dicas de

viagem direto no seu email

Ir para a praia quando o tempo esquenta é uma das melhores coisas que podemos fazer – e quase todo mundo faz. Agora, renovar as energias em uma ilha é especial!

As ilhas possuem beleza única, possibilidade de mergulho com snorkel (possível mesmo para quem não sabe nadar), natureza preservada ao redor, além de um divertido passeio de barco e, claro, o fato de ter bem menos pessoas por ali.

Veja a lista que fizemos com as ilhas que mais gostamos em Ubatuba para renovar as nossas energias!

1 – Ilha de Maranduba

Bem pertinho da costa, fica no extremo sul de Ubatuba e é possível chegar ali de barco, escuna ou banana boat.

A praia é tranquila, com o mar bem transparente e possui um costão rochoso ideal para quem gosta de mergulhar!

2 – Ilha Anchieta

Sem dúvidas, a mais conhecida e com mais opções de descobertas.

A Ilha possui um antigo presídio, um museu e 5 praias!

É possível passar o dia todo curtindo a natureza e o banho de mar, além de conhecer mais sobre a nossa história.

A maioria dos visitantes chegam até lá de escuna.

3 – Ilha das Couves

A segunda mais conhecida e destino certo de vários turistas, incluindo nós haha.

A Ilha das Couves é um pequeno paraíso que nos permite o mergulho de snorkel, nos deixando realmente em contato com a vida marinha, com muitos peixes e tartarugas.

Ali também é possível relaxar na areia e fazer uma pequena trilha.

As opções de chegada incluem escuna e barco.

4- Ilha do Prumirim

Esta pequena ilha de uma só praia pode ser considerada a irmã gêmea da Ilha dos Porcos, sua vizinha.

Com águas rasas e ondas calmas, é possível ver vários peixinhos sem nem precisar da ajuda do snorkel. A Ilha do Prumirim conta com uma pequena ilhota anexa aonde é possível chegar passando por algumas piscinas naturais.

Chegamos até ela de escuna ou barco.

5 – Ilha dos Porcos

Como já dissemos, é a irmã-gêmea da Ilha do Prumirim, por possuir apenas uma praia.

Esta é uma ilha particular – a única construção é a casa do dono, aonde vive o caseiro. A Ilha é aberta à visitação, mas não possui passeios de escuna ou barcos programados para lá; é preciso alugar um barco privativamente.

Também de águas calmas e transparentes, é a opção certa para quem quer renovar as energias longe da agitação.

Deixe seu comentário

Please enter comment.
Digite seu nome
Please enter your email address.
Please enter a valid email address.